180graus

Ampliação na oferta - 20/06/2017 às 15h58

Ministério da Saúde anuncia vacinação contra HPV para meninos de 11 a 15 anos

comserv
Antonio das Neves - Peritos Associados

O Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira (20/06) a ampliação na oferta de vacina contra HPV para meninos de 11 a 15 anos incompletos (até 14 anos, 11 meses e 29 dias). A medida tem o objetivo de aumentar a cobertura da vacina em adolescentes do sexo masculino. Atualmente, a vacina contra a doença já é disponibilizada em meninos de 12 e 13 anos. Até 2016, o foco da campanha eram as meninas.

Segundo a pasta, a inclusão do novo grupo equivale a 3,3 milhões de adolescentes. A meta para 2017 é vacinar 80% dos 7,1 milhões de meninos de 11 a 15 anos e das 4,3 milhões de meninas entre 9 e 15 anos. A inclusão dos meninos contribuirá para o aumento da proteção de meninas.

“Nós temos que cuidar da imunização das nossas crianças, porque as estatísticas e estudos internacionais demonstram que, de fato, a vacina ajuda a reduzir os casos de câncer [genital] nessas pessoas imunizadas. Então, é mobilizar a sociedade e imunizar as pessoas”, disse o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

A nova oferta também incluirá a cobertura de homens e mulheres transplantados e pacientes oncológicos em uso de quimioterapia e radioterapia. A medida inclui ainda cerca de 200 mil crianças e jovens, de ambos os sexos, de 9 a 26 anos vivendo com HIV/Aids.

Desde 2014, foram imunizadas 5,3 milhões de meninas de 9 a 15 anos com as duas doses da vacina contra o vírus HPV. Esse total corresponde a 45,1% do total dessa faixa etária.

Prevenção

A vacina contra o HPV contribui para redução da incidência do câncer de colo de útero e vulva nas mulheres. A imunização também previne câncer de pênis, ânus, verrugas genitais, boca e orofaringe.

Pesquisa realizada nos Estados Unidos, onde há vacinação desde 2006, apontou redução de 88% da infecção oral por HPV. Estudo realizado com homens de 18 a 70 anos do Brasil, México e Estados Unidos, aponta que os brasileiros têm mais infecção por HPV que mexicanos e norte-americanos, com índices de 72% no Brasil, 62% no México e 61% nos Estados Unidos. A pesquisa apontou ainda que a incidência de câncer do pênis no país é três vezes maior que entre os norte-americanos.

Fonte: Agência Brasil

Atendimento: 19 a 23 de junho - 16/06/2017 às 17h01

THE: Ação na zona Sul realizará exames gratuitos de mamografia e citologia

O Sesc vai realizar exames gratuitos de mamografia e citologia na unidade móvel do projeto Saúde Mulher, de 19 a 23 de junho, nos turnos manhã e tarde. A carreta do Sesc vai atender as mulheres ao lado do Sesc Ilhotas, em Teresina, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Os exames de mamografia serão realizados em mulheres de 50 a 69 anos e de citologia em mulheres de 25 a 64 anos. Para ter acesso aos serviços gratuitos, as interessadas devem apresentar cópias do RG, CPF, cartão do SUS e comprovante de residência atualizado.

Mulheres com menos de 50 anos devem apresentar ainda requisição médica para fazer o exame de mamografia. Também as mulheres com menos de 25 anos devem apresentar requisição média para fazer o exame de citologia.

Para maiores informações ligue (86) 3230-9986 – Setor de Educação em Saúde

EXIGÊNCIAS PARA REALIZAÇÃO DA MAMOGRAFIA:
• Não usar desodorante aerosol
• Não usar talco
• Não usar creme nas axilas

EXIGÊNCIAS PARA REALIZAÇÃO DA CITOLOGIA:
• Não usar creme vaginal
• Não ter relação sexual até 3 dias antes

Fonte: AsCom

Sesapi acompanha casos - 15/06/2017 às 12h45

PI tem casos suspeitos de doença causada pelo vírus da Febre do Nilo

comserv
Antonio das Neves - Peritos Associados

A Secretaria de Estado do Piauí notificou dez casos suspeitos de Doença Neuroinvasiva Grave pelo vírus da Febre do Nilo Ocidental. Os casos referem-se a resultados de exames laboratoriais realizados em 2017, no Instituto Evandro Chagas (IEC), laboratório referência do Ministério da Saúde. Em todos os exames, verificou-se reação cruzada (positividade simultânea) com pelo menos um outro flavivírus, dentre eles: zika, dengue e vírus da encefalite de Saint Louis (VESL). Dessas notificações, confirma-se um óbito de paciente residente em Teresina/PI.

Todos os casos têm sido acompanhados pela Secretaria de Estado da Saúde, que já adotou as providências pertinentes à Diretoria de Vigilância e Atenção à Saúde deste agravo, quais sejam: em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Teresina, realiza a investigação em campo, que envolve identificação e estudo de vetores; elaboração de um plano de ação para enfrentamento à doença; e implantação do Instituto de Doenças Tropicais Natan Portella como unidade de referência estadual para diagnóstico e tratamento da Febre do Nilo Ocidental. Além disso, a Secretaria já notificou o Ministério da Saúde destes resultados que, para confirmação, necessitam ser referendados por exames mais complexos e demorados.

Doença de notificação compulsória imediata (em até 24h) em todo o território nacional, desde 2006, a Febre do Nilo manifesta-se na forma de encefalite, paralisia flácida aguda ou meningite asséptica, podendo levar à morte em 10% dos casos ou deixar sequelas neurológicas em significativa proporção dos sobreviventes.

A FNO é uma arbovirose causada pelo Vírus do Nilo Ocidental (VNO), cuja transmissão aos seres humanos ocorre principalmente através da picada de mosquitos do gênero Culex (muriçoca, pernilongo comum). O mosquito Aedes albopictus também é considerado um vetor potencial.

A Sesapi mantém as recomendações para medidas de combate à proliferação de mosquitos já indicadas por conta do risco de transmissão de dengue, zika e chikungunya, bem como de minimização da exposição dos indivíduos aos vetores.

Fonte: Sesapi

Bactéria da 'peste negra' - 15/06/2017 às 07h04

CE faz alerta sobre 'peste bubônica' em municípios na divisa com Piauí

comserv
Antonio das Neves - Peritos Associados

Alerta para notificação imediata de peste bubônica foi emitido pela Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa). O último caso da doença no estado foi confirmado em 2005, por exame sorológico, no município de Pedra Branca. A nota técnica da secretaria orienta vigilância em 42 cidades cearenses, alguns deles fazem divisa com o Piauí, como o município do Pio IX.

A Sesa esclarece que a Nota Técnica de Peste Humana se refere ao trabalho de vigilância e prevenção à doença e não sobre casos existentes. O Ceará não está em risco de peste negra e não registra casos de peste bubônica desde 2005. O alerta é para os profissionais continuarem a realizar o trabalho de prevenção e controle desta, como também de outras doenças, e assim, evitarem o reaparecimento de casos no Ceará.

A publicação de notas técnicas faz parte da rotina de controle epidemiológico da Sesa. A Nota Técnica é um documento de atualização da conduta dos profissionais e uma forma de lembrá-los que é importante manter a vigilância epidemiológica o ano inteiro. Ou seja, trata-se de uma rotina comum para o controle epidemiológico, considerando ainda que há a rotatividade dos profissionais de saúde. Por isso é fundamental manter as equipes atualizadas e lembrar a todos os profissionais sobre o trabalho de prevenção e controle epidemiológico.

PESTE BUBÔNICA
A peste bubônica é transmitida pela bactéria Yersinia Pestis, a mesma da peste negra, doença que matou milhares de pessoas na Europa durante a Idade Média. Essa bactéria tem como vetores pulgas de dezenas de espécies. Os principais hospedeiros são os roedores, como camundongos, ratos, capivaras e até porquinhos-da-índia.

Humanos não são os hospedeiros naturais, mas contraem a doença sendo mordidos pelas pulgas infestadas nesses animais ou inalação de ar contaminado, no caso de pneumonia grave. O contato com os roedores ocorre, segundo a secretaria, quando o homem invade os ecossistemas desses hospedeiros infectados em atividades de caça, agricultura, comércio ou lazer.

Animais domésticos, tais como cães e gatos domésticos, também estão associados a algumas das principais espécies de pulgas da peste. " Fortaleza teve uma epidemia de peste no século XIX e primeiro metade do século 20. Nos dias de hoje, é muito improvável que ocorra epidemia porque as condições de vida mudaram", explica o médico infectologista e professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Roberto da Justa.

Ainda que a doença possa ocorrer em todo o território, inclusive urbano, o risco de epidemia é quase nulo devido às melhores condições de higiene. "Apesar de ainda termos muitos defeitos em termos de saneamento, a situação sanitária melhorou (em relação ao período de infestação). Era uma doença bem grave e dizimava muitas pessoas, mas contamos agora com antibióticos que há 100 anos não existiam", frisa.

No Estado, as áreas com focos de peste e, portanto, de importância para a vigilância, estão localizadas nas Serras de Baturité, Serra do Macaco, Uruburetama, Pedra Branca, Ibiapaba, Matas e Chapada do Araripe, conforme a nota técnica.

A nota da Sesa destaca que "a persistência desses focos deve ser considerada uma ameaça real e permanente de acometimento humano nessas regiões, que pode estender-se para outros lugares, inclusive centros urbanos, tornando-se imperativo que os técnicos de saúde estejam preparados para lidar com o problema".

Casos no CE
Na década de 1980, foram notificados 76 casos de peste bubônica no Ceará e na Paraíba, com a ocorrência de três mortes. Entre 1994 e 1997, foram confirmados laboratorialmente no Ceará três casos da doença - dois em Guaraciaba do Norte e um em Ipu.

De acordo com Roberto, o alerta não é motivo para pânico, mas é importante para prevenir qualquer forma da peste. A recomendação é, em ambientes mais rurais, proteger as pernas para evitar transmissão por roedores que possam estar contaminados.

Os sintomas da peste bubônica relatados na nota técnica da Sesa são mal-estar, abatimento, dor de cabeça, dores no corpo, vômitos, pulso acelerado, arrepios de frio, febre alta, bubões. Já a peste pneumônica pode acarretar arrepios de frio, dor de cabeça intensa, delírio ou prostração absoluta, respiração ofegante, tosse frequente, escarro abundante (a princípio claro, depois sanguinolento), e pulso acelerado.

A Sesa define como caso suspeito o paciente sintomático ganglionar (manifestação da bubões ou adenite dolorosa) ou respiratório (manifestação de tosse, dispneia, dor no peito, escarro muco-sanguinolento) com febre e/ou mais dos sintomas: calafrios, cefaleia, dores no corpo, fraqueza, anorexia, hipotensão e/ou pulso rápido/irregular oriundo de zonas ativas de ocorrência da peste (1 a 10 dias).

Fonte: O Povo / Por Amanda Araújo

 

Fonte: Com informações da Sesa

Não haverá novas remessas - 12/06/2017 às 10h36

FMS libera vacina da gripe em Teresina a partir desta segunda (12);7 mil doses

Antonio das Neves - Peritos Associados
comserv

Com 98,18% do público alvo imunizado, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina vai seguir a Secretaria Estadual da Saúde (Sesapi) e abrir para toda a população a oferta gratuita de vacinação contra a gripe. A partir desta segunda-feira (12/06), quem procurar as unidades de saúde podem ser imunizados.

Teresina tem 7 mil doses disponíveis ainda e, segundo a Sesapi, o estado não receberá novas remessas da vacina por parte do Ministério da Saúde. A oferta das doses a população segue até zerar o estoque. Ao todo, 166.922 pessoas foram imunizadas contra gripe em Teresina.

Ao todo 39.293 crianças foram vacinas em Teresina, além de 17.388 trabalhadores de saúde, 6.503 gestantes, 1.179 puérperas, 62.533 idosos, 27.681 pessoas com comorbidades, 2.011 pessoas privadas de liberdade, 581 funcionários do sistema prisional e 9.753 professores.

Fonte: Com informações da PMT

Carregando, por favor aguarde...
CFO - MA - Vem pro Podium!
PM-MA - Vem pro Podium!
Mestrado em Políticas Públicas | Vem pro Podium
Últimas Notícias
12h14 Carro vai parar debaixo de caminhão baú e condutor morre 12h07 Dia Estadual do Orgulho LGBT será comemorado na quarta-feira (28) 12h01 Dupla executa homem com vários tiros de pistola no Piauí 11h43 Vice Prefeito de Parnaíba se filia ao PSC e quer ser Deputado Estadual 11h22 Governador decreta emergência no Porto das Barcas 11h20 Mães de alunos do Cidade Olímpica Educacional participam de oficinas de Artesanato 10h58 Preso por tentativa de roubo é levado para delegacia semi nú 10h51 Família carente pede ajuda para garoto com paralisia 10h43 Seleção de Judô é convocada para o Campeonato Pan-Americano da Base 10h31 ProUni: Resultado da lista de espera será divulgado nesta segunda (26/6) 10h29 Arraia da Escola Aliança do Gurguéia 10h20 Mega-Sena acumula e pode pagar até R$ 6 milhões no próximo sorteio 10h20 Dois são presos pela polícia com motos tomadas de assalto m PHB 10h17 Proposta que reduz idade mínima para governador está na pauta do plenário 10h13 Cerveja pode ser mais eficaz que paracetamol no alívio da dor 10h12 Senado deve votar regime simplificado de prestação de contas nos municípios 10h10 Convocação da lista de espera do Sisu terá início nesta segunda-feira (26/06) 10h09 Cientistas apostam em vírus para combater superbactérias 10h05 Amamentação reduz risco de doenças cardíacas em até 18% 10h00 Atletismo: Piauiense vence prova de 800 m e é campeão brasileiro Sub 18 09h56 Campeonato Brasileiro: última rodada define os classificados neste domingo 09h55 Homem é detido pela polícia por porte ilegal de arma de fogo no interior do PI 09h48 Programa de estágio na Caixa abre as inscrições para nível médio e técnico 09h36 Colisão entre moto e caminhão pipa deixa uma pessoa morta na PI-143 09h29 Iris Stefanelli e o ex-BBB Marcos Harter são flagrados juntos