180graus

Estudo da Devry Metrocamp - 18/08/2017 às 14h00

Fones de ouvido podem ter mais de 10 mil bactérias e fungos, diz estudo

Casa do cartucho

Um grande número de pessoas usa fones de ouvido no trabalho, nos transportes públicos, quando vai correr e até na rua para atender o celular sem precisar segurá-lo, mas será que alguém já pensou em limpar estes objetos?

Se não pensou, devia. Pelo menos depois de saber a quantidade de bactérias e fungos que os fones podem acumular.

De acordo com um estudo realizado pela faculdade de medicina da Devry Metrocamp, em Campinas, no Brasil, os fones acumulam cerca de 10 mil tipos diferentes de fungos e bactérias.

Segundo o site M de Mulher, os pesquisadores chegaram a este número depois de analisar 40 fones diferentes. Em 86% dos aparelhos analisados existiam microorganismos que podiam provocar infecções, seja na pele ou nas vias aéreas.

E nem precisam de ser aqueles fones de colocar dentro da orelha, os chamados ‘headphones’ também acumulam bactérias e fungos, ainda que em menor quantidade, e por isso devem ser limpos.

Fonte: Com informações do Notícias ao Minuto

Veja as especialidades - 15/08/2017 às 10h22

HGV realiza mutirão cirúrgico no feriado do aniversário de Teresina

Casa do cartucho

O Hospital Getúlio Vargas (HGV) realiza, nesta quarta-feira (16), feriado da data que marca o aniversário de 165 anos de Teresina, um mutirão cirúrgico simultâneo que tem como meta beneficiar 34 pacientes nas especialidades de cirurgia geral, cabeça e pescoço, cirurgia plástica e endovascular.

Em cirurgia geral, estão programados procedimentos de hérnias abdominais (inguinal, epigástrica e umbilical) e colecistectomias (retirada vesícula biliar). "As hérnias podem causar dor e desconforto. Agilizar esses procedimentos, é proporcionar a essas pessoas uma melhor qualidade de vida", pontua o coordenador da Clínica Cirúrgica do HGV, Hamilton Fontes.

Na especialidade de cabeça e pescoço, as intervenções cirúrgicas serão para tratar cistos, nódulos e lesões diversas. Em cirurgia plástica, os pacientes irão passar por operações reparadores para tratar lesões e sequelas provocadas por traumas e/ou câncer de pele. Já na área endovascular, haverá embolizações de hemangiomas (pequenos tumores benignos).

A diretora-geral do HGV, Clara Leal, explica que os mutirões realizados regularmente aos sábados e feriados são uma das medidas que ajudaram a reduzir a fila e o tempo de espera por uma cirurgia, sobretudo nas especialidades de maior demanda.
As ações promovidas pelo HGV aos finais de semana e feriados já atenderam quase 900 pessoas em várias especialidades médicas, somente em 2017.

Fonte: Governo do Piauí

Próxima terça-feira - 05/08/2017 às 17h34

Inclusão de novos tratamentos em planos de saúde será debatida na Câmara

Casa do cartucho

Será realizada na terça-feira (8) audiência pública para debater o processo de incorporação de novos tratamentos na cobertura mínima obrigatória dos planos de saúde suplementar.

O encontro é organizado pela Comissão Especial de Inovação Tecnológica da Saúde, a pedido do deputado Hiran Gonçalves (PP-RR).

“As inovações tecnológicas na área da saúde proporcionam novos tratamentos constantemente, o que traz para o sistema o desafio de continuar prestando serviços de alta qualidade, porém mantendo preços acessíveis e o negócio viável economicamente”, afirma Gonçalves. Para ele, é importante colocar em discussão as dificuldades do setor, “por impactarem na vida de muitos brasileiros”.

Foram convidados:
- a diretora de Normas e Habilitação dos Produtos da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Karla Santa Cruz Coelho;
- Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde);
- e o presidente da Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge -Regional Rio de Janeiro), Sérgio Custódio Vieira.

A audiência ocorrerá no plenário 15, e terá início às 14h30.

Fonte: Agência Câmara

Duas especialidades - 04/08/2017 às 11h00

Hospital Getúlio Vargas realiza 30º mutirão do ano neste sábado (5)

O Hospital Getúlio Vargas (HGV) realiza neste sábado (5) seu trigésimo mutirão cirúrgico de 2017. Dessa vez, a ação será simultânea em duas especialidades médicas e a meta é fazer 14 cirurgias de otorrinolaringologia e 17 cirurgias plásticas reparadoras. Este ano, 860 pessoas já foram beneficiadas pelas ações cirúrgicas promovidas pelo HGV.

O cirurgião plástico, Edson Vale, explica que os procedimentos cirúrgicos programados serão, em sua maioria, para tratar lesões em pessoas que tiveram câncer de pele ou que apresentam sequelas por traumas, normalmente ocasionadas por acidentes de trânsito.

Já em otorrino, serão cirurgias de amigdalectomia (retirada das amígdalas), adenoidectomia (retirada da adenoide) e adeno-amigdalectomia, sendo todos os pacientes crianças.

“Apesar da demanda ser contínua, temos conseguido agilizar o volume de procedimentos cirúrgicos e, assim, reduzir a fila de espera de forma significativa. Isso graças a medidas como a realização dos mutirões, que já acontecem de forma regular aos finais de semana e feriados”, pontua Clara Leal, diretora-geral do HGV,

Para o mês de agosto ainda estão programados mutirões nas especialidades ortopedia, no dia 12, cirurgia geral, no dia 16 – feriado do aniversário de Teresina -, e novamente ortopedia, no dia 26.

Fonte: AsCom

Inédita no mundo - 30/07/2017 às 10h01

Pesquisadores da Fiocruz desenvolvem nova metodologia para tratar câncer

Talita Cavalcante Soares de Moura

Talita Cavalcante Soares de Moura

Casa do cartucho

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) desenvolveu uma nova metodologia, inédita no mundo, para o tratamento do câncer. Análises feitas pelo Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS), responsável pela aceleração de processos de inovação na área, permitiram traçar o perfil molecular do tumor e do tecido saudável de cada indivíduo.

Segundo a instituição, com base no estudo, a escolha de medicamentos relevantes para cada paciente será favorecida, minimizando-se os efeitos colaterais e facilitando o tratamento personalizado da doença.

A iniciativa teve seu potencial reconhecido pelo edital Apoio ao Empreendedorismo e Formação de Startups em Saúde Humana do Estado do Rio de Janeiro, da Federação de Apoio à Pesquisa (Faperj), e ganhou o investimento inicial para que chegue à população. O projeto é inovador, e não há concorrente no mercado para esse tipo específico de diagnóstico, diz a instituição.

“A proposta da Fiocruz permite a indicação de uma terapia mais precisa, o que significa, em termos de benefícios diretos, mais chance de cura, menos efeitos colaterais e melhor sobrevida para os pacientes", diz Nicolas Carels, especialista em bioinformática da fundação, ao citar benefícios da nova metodologia. Carels ressaltou que as terapias atuais são muito agressivas. "Além disso, a economia representada pela escolha adequada do medicamento pode ser revertida para ampliar o acesso da população ao tratamento”, acrescentou.

O método foi desenvolvido para ser aplicado a pacientes com qualquer tipo de câncer e testado em linhagens celulares tumorais e não tumorais, com resultados de máxima eficiência para o câncer de mama,informou Tatiana Tilli, especialista do Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde, que divide o desenvolvimento da metodologia em bioinformática.

“Indiretamente, representa uma economia financeira substancial para o gestor hospitalar em termos de despesas com efeitos colaterais, novas internações e ciclos longos de tratamento. Isso é parte da inovação em saúde que estamos propondo”, disse Tatiana.

O novo tratamento não beneficia apenas os pacientes com medicamentos mais específicos para cada caso, mas também os médicos, a equipe médica, os gestores e os laboratórios farmacêuticos, destacou o coordenador-geral do Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde da Fiocruz, Carlos Medicis Morel.

Para Morel, a mudança de paradigma com o primeiro edital da Faperj para investimento em inovação e startups é motivo de comemoração. Startups são empresas, geralmente de tecnologia, que começam a operar no mercado. "A tecnologia é objeto de empreendedorismo, de investimentos e parcerias públicas e privadas, e a missão do CDTS/Fiocruz é levar o novo conhecimento gerado pela pesquisa e desenvolvimento tecnológico até a população.”

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que os casos de câncer no mundo poderão chegar a 27 milhões até o ano de 2030. O câncer de mama, o mais comum em mulheres, representa cerca de 25% do total de casos da doença. No Brasil, o Sistema Único de Saúde (SUS) é responsável por 70% do tratamento realizado para todos os tipos de câncer.

Fonte: Agência Brasil

Carregando, por favor aguarde...
Quer mudar de vida?
Informática p/ concursos
Matemática Básica
Matemática e Raciocínio Lógico no Podium
Agente PRF
Agente PF
Aulão beneficente para carreira administrativa
Informática Cespe/UNB
Casa do Cartucho
Últimas Notícias
20h33 Prefeitura de Cocal promove curso “Como Conduzir Negociações Eficazes” 18h28 Assistência Social de Água Branca reinicia atividades do Projeto Nascer Saudável 18h03 "Firmino Filho coloca a Câmara de joelhos, se Doria receber o título será uma imposição do prefeito" 17h48 Estado Islâmico assume autoria de ataque que deixou feridos na Rússia 17h19 'Radar' diz que Dilma foi convidada para concorrer ao Senado pelo Piauí 17h14 Caçadores suspeitos de matar vigia de parque são detidos 17h02 Orquestra Sinfônica fará apresentação no 'Parque da Cidadania' domingo, 20 17h01 Guarda Municipal de Teresina encontra menor de idade desaparecida; detalhes 16h39 Serra da Capivara: Ministro divulga nota de pesar por morte de vigilante 16h31 Incêndio atinge residência e destrói carro que estava na garagem; fotos 16h31 TJ-PI deve realizar cerca de 500 audiências durante esforço concentrado 16h18 Simone Castro participa do Criança Esperança direto do Rio de Janeiro 16h05 Prefeitura de Pedro Laurentino divulga as atrações do festejo do Bom Jesus 15h54 Gilmar Mendes derruba decisão de juiz e manda soltar Jacob Barata 15h13 Ex-prefeito no PI é condenado e fica sem direitos políticos por cinco anos 15h09 Lei no Piauí proíbe corte de água e energia antes de feriado e final de semana 15h00 Começou ontem o Sétimo festival da Melancia em Alto Longá. 14h58 MP alerta para porte indiscriminado de armas brancas na cidade de Parnaíba 14h26 Advogadas lançam livro no TJ-PI sobre inquietações do universo feminino 14h05 Monalysa disputa hoje o Miss Brasil 2017 e pode fazer história pelo Piauí 13h50 Jovem é executado dentro de casa na zona Leste de THE 12h21 Curiosidade: Saiba qual é a frequência sexual média para cada idade 12h19 Henrique e Juliano levam susto com pane em avião: 'Encheu de fumaça' 12h03 Plenário do Senado votará mudança no registro de nascimentos 11h48 Justiça suspende novamente aumento de impostos sobre combustíveis