180graus

Saneamento básico - 21/08/2017 às 17h43

Lançando mão da subconcessão, Francisco Costa trabalha pela universalização da água e esgoto

Àgua e esgoto para todo o Piauí é um grande desafio.

É uma das políticas públicas mais importantes para a vida do cidadão.

Dá dignidade e traz saúde.

Na implementação desta política pública está o ex-secretário de saúde, Francisco Costa. Hoje, está à frente do Instituto de Águas do Piauí.

fco costa.jpg

Semana passada ele reuniu o Conselho Gestor de Parcerias Público-Privadas (PPP) do Estado, para discutir alternativas para levar água de qualidade a diversas regiões piauienses.

Para alcançar a universalização ele propõe investimentos por regiões do Estado e a política da subconcessão - a mesma desenvolvida em Teresina.

Segundo ele, um bloco de investimentos contemplaria a região norte, através dos municípios da Planície Litorânea e Cocais.

Outro bloco de investimentos seria para atender a região do entorno de Teresina, beneficiando também os municípios do território Carnaubais, Entre Rios em especial o Médio Parnaíba e região do Sambito.

Francisco Costa não esqueceu o sul do Estado. Para lá prevê outro bloco de investimentos que contemplará o eixo Floriano – Picos, seguindo até o extremo Sul, onde serão envolvidos os municípios do Coresa.

Francisco Costa diz: “estamos estudando a possibilidade de buscar parcerias que ajudem o Estado nesse momento em que a condição não é propícia para grandes investimentos. Precisamos principalmente de investimentos na área de esgotamento sanitário, que possam melhorar o atendimento nessa área. A ideia é buscarmos, num curto espaço de tempo, trabalhar a universalização de água e esgotamento sanitário."

Segundo Costa o Conselho concordou com a proposta da subconcessão.

É a região sul (Picos, Floriano e municípios do Coresa), onde os estudos estão mais adiantados, ele acredita que até o fim de setembro esta fase já estará concluída.

 

 

 

 

João Dória - 19/08/2017 às 18h03

"Firmino Filho coloca a Câmara de joelhos, se Doria receber o título será uma imposição do prefeito"

Terça-feira próxima a Câmara Municipal de Teresina deve votar novamente o título de cidadania para João Doria – prefeito de São Paulo.

Nesta semana, o projeto já foi votado e derrotado. Mas isso deixou o prefeito Firmino Filho muito indignado com os vereadores que lhe dão sustentação.

camara municipa.png

Em pleno aniversário de Teresina, quarta-feira, Firmino deu declarações externando sua contrariedade com o que aconteceu na Câmara Municipal. Nos bastidores cuidou de uma nova articulação e o projeto volta com força na terça, 22.

Com força, mas também provocando revolta nos opositores.

O vereador Deolindo Moura (PT) disse que “é um desrespeito ao legislativo municipal porque já votamos esta matéria e existem tantas outras mais importantes. Votar esta matéria novamente é atender um desejo pessoal do prefeito Firmino Filho. Assim, ele coloca o parlamento de joelhos. “

Também pensa assim seu colega de partido, o vereador Dudu. Segundo ele, “a ação de Firmino em foçar nova votação é o mais triste. O Firmino está dando um ‘pito’ público em sua base de sustentação e humilhando seus vereadores. O Firmino está impondo. Se o título do Dória sair não é pela vontade dos vereadores, é uma imposição do Firmino.”

Dudu diz que não tem nada contra a pessoa de João Doria, nem contra o prefeito de São Paulo e que o respeita por ter conquistado a maior prefeitura do Brasil. Mas ele explica, “a Lei Orgânica de Teresina diz que para ter direito a ser homenageado com este título você tem que ter serviços prestados na cidade. E nem quem propôs o título sabe dizer que serviços João Doria tem em Teresina.”

Tópicos
Programa de TV - 18/08/2017 às 11h04

PSDB exibe seu programa de TV e nenhum tucano aparece, só atores

O PSDB exibiu ontem seu programa de televisão.

O PSDB pediu desculpas pelos erros cometidos.

Mas no programa de televisão do PSDB não apareceram Tasso Jereissati, Fernando Henrique Cardozo, José Serra, Geraldo Alckimim, João Dória, Aécio Neves, nem Beto Richa.

Imagem psdb.png

Tasso Jereissati, Fernando Henrique Cardozo, José Serra, Geraldo Alckimim, João Dória, Aécio Neves e Beto Richa não pediram desculpas.

Quem pediu desculpas foram atores contratados para desempenharem um papel.

Foram 10 minutos de programa e nenhum tucano apareceu – muito menos pediu desculpas.

O mote do programa foi “é hora de pensar o Brasil”.

E, aí, o observador precisa fazer uma perguntinha básica: Que fazia o PSDB, desde a sua fundação em 1988, que não pensou o Brasil e, só se dispõe a isso, agora, aos seus 29 anos?

Durante o programa o PSDB afirmou que não pode ser disseminado o ódio.

Ora, esqueceram de avisar isto a algumas ilustres figuras do Partido, dentre elas o senador Aécio Neves, que após a derrota de 2014, se dedicou a fazer duas coisas:
a) conspirar contra uma presidenta legitimamente eleita até golpeá-la e,
b) disseminar o ódio.

O PSDB errou e continua errando.

Depois de governar o país por 8 anos e privatiza-lo, afunda-lo em dividas, desemprego e perder 4 eleições consecutivas, o Partido agora vem com um novo golpe: a defesa do Parlamentarismo.

O PSDB errou e continua errando.

Os tucanos só estão levantando a bandeira do Parlamentarismo porque nas previsões eleitorais, além de perderem para Lula (já costumeiro), agora, perdem também até para Jair Bolsonaro.

O PSDB errou e não aprendeu.

Tópicos
Lula pelo Brasil - 17/08/2017 às 18h18

Quinta, 17 de agosto, na Bahia, começa a viagem do ex-presidente Lula pelo nordeste brasileiro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva embarcou nesta quinta-feira, 17, na caravana que percorrerá 4 mil quilômetros pelos nove estados do Nordeste.

Lula iniciou seu trajeto de Salvador, onde participou, junto com o governador da Bahia, Rui Costa, e de dezenas de líderes, de visita às obras da linha 2 do metrô.

LUla.jpg

As obras do metrô eram de responsabilidade da prefeitura e ficaram mais de 10 anos paradas, segundo diz o presidente do PT de Salvador, Gilmar Santiago, ao site da fundação. "A prefeitura estava na mão dos carlistas, e durante esse período a obra ficou 10, 12 anos parada no mesmo lugar, com muita história de corrupção. Um dos ministros de Michel Temer, o da articulação política, é citado em denúncias do Tribunal de Contas", afirma.

Em seguida, o ex-presidente segue para a Arena Fonte Nova, onde fará o lançamento de mais uma fase do Memorial da Democracia, apresentada no mês passado em Belo Horizonte.

Embora algumas versões tenham circulado por diferentes veículos, informando que o trajeto começaria por Feira de Santana, a assessoria do ex-presidente confirmou que o início será pela capital baiana. O roteiro completo da viagem não será divulgado com antecedência por questão de segurança. O final da viagem está previsto para o Maranhão, em 5 de setembro.

Na sexta-feira (18), Lula vai ao Festival da Juventude, na mesma cidade, às 15h. No mesmo dia, em São Francisco do Conde, Lula será patrono na colação de grau de estudantes da Unilab (Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira), às 19h.

No sábado (19), a caravana para em Feira de Santana, onde participa de atos em defesa de políticas públicas para o semiárido e Agricultura Familiar, como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e de cisternas.

Durante o percurso, Lula se encontrará com políticos, empresários, sindicalistas e movimentos sociais em eventos nas capitais, cidades próximas e no interior. O projeto das novas caravanas está sendo organizado pelo PT e pelo Instituto Lula, com participação da Fundação Perseu Abramo.

Com informações do Brasil 247

Agentes de Saúde - 16/08/2017 às 17h59

Comissão aprova proposta que valoriza Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias

Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE) comemoraram, nesta quarta-feira (16), a aprovação da PEC 022/11 na comissão especial. A reunião do colegiado foi realizada em um dos auditórios da Câmara dos Deputados para comportar representantes da categoria de todos os estados.

unnamed.jpg

A Proposta de Emenda à Constituição dispõe sobre a responsabilidade financeira da União, corresponsável pelo Sistema Único de Saúde, na política remuneratória e na valorização dos profissionais que exercem as atividades de ACS e ACE. O texto aprovado pela comissão especial prevê o piso salarial de R$ 1.600 para uma jornada de 40 horas semanais – recursos que constarão no orçamento da União.

Além disso, o reajuste anual do piso salarial nacional desses profissionais deverão ser feitos em 1º de janeiro de cada ano e corresponder à variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor somado à variação do Produto Interno Bruto acumulados nos 12 doze meses anteriores à data-base e acrescido de 20% ao ano.

Membro da comissão especial que aprovou a proposta, o deputado federal Assis Carvalho (PT/PI) comemorou a vitória da categoria. “Os Agentes Comunitários de Saúde e os Agentes de Combate às Endemias estão mostrando sua força ao se reunirem na Câmara dos Deputados pois, quando há união das categorias, a gente vence! Acredito que esses profissionais têm um papel fundamental na promoção da saúde e, por isso, essa aprovação é uma conquista justa e eles merecem muito mais”, afirmou o parlamentar.

Após a aprovação pela comissão especial, a PEC 022/11 segue para apreciação pelo plenário da Casa.

 

Carregando, por favor aguarde...
Matemática Básica
Quer mudar de vida?
Matemática e Raciocínio Lógico no Podium
Teresina 165 anos
Aux. Administrativo UFMA
Casa do Cartucho
Tire sua CNH com a Autoescola Gallantys
Assist. Administrativo UFMA
Últimas Notícias
12h34 Governo estuda liberar saque do saldo do PIS e do Pasep para idosos; confira 12h20 Fundação de Saúde entrega cartão para beneficiários do Bolsa Família 12h07 Advogado Valdetário Monteiro vai substituir Norberto Campelo no CNJ 12h01 Comitê vai apurar denúncias de tortura a menores no CEM 11h39 Instituições apuram casos de tortura no 'Centro Educacional Masculino' 11h31 Projeto de música para alunos recebe doação de 121 instrumentos 11h20 Whindersson desabafa após 'posts' de ódio de piauienses: que mal fiz? 11h19 HGV recebe 133 profissionais para trabalhar como voluntários 10h54 Picos: PRF-PI aborta roubo de carga na BR-316, mas suspeitos escapam 10h54 Motorola patenteia tela de celular capaz de se regenerar; LED, Touch e LCD 10h50 Parque Lagoas do Norte recebe ação social nesta sexta-feira (25) 10h50 Casal Tatá Werneck e Rafa Vitti adotam cachorro com deficiência; tem 3 patas 10h46 Ginásio Poliesportivo de S. Mendes está em fase final de reforma e será usado pela Policia Militar 10h36 Embarcação com 70 pessoas afunda no Pará; sete corpos são resgatados 10h31 Grupo de capoeira atende mais de 80 crianças com trabalho voluntário 10h14 Governo do PI apresenta Plano Estadual de Prevenção Suicídio 10h13 Vocalista do Faith No More chegou a perder sentidos após acidente 10h09 Cantor Leonardo malha com cacho de banana e viraliza na web 10h02 Vereador Beto das Vilas solicita pavimentação para o bairro Ubatuba 09h58 Polícia prende dois suspeitos de matar travesti a facadas no Piauí 09h48 MP firmará parceria para cumprimento do Plano Nacional de Educação no PI 09h43 Anitta passa a gerenciar carreira de ex-'Rebelde' e anuncia aos fãs 09h41 PF cumpre mandados judiciais em nova fase da Operação Lava Jato 09h39 Prêmio da Mega-Sena nesta quarta-feira pode chegar a R$ 32 milhões 09h33 'Se essa rua fosse minha' homenageia 110 personalidades de THE