180graus

Oferta de 120 bolsas - 21/08/2017 às 16h55

Programa de qualificação em turismo tem inscrições abertas até a sexta (25)

Casa do cartucho

Estudantes de turismo podem concorrer a 120 bolsas de estudo em universidades do Reino Unido por meio do Programa de Qualificação Internacional (PQI), do Ministério do Turismo. As inscrições seguem até a próxima sexta-feira (25/08).

As vagas são destinadas a alunos regularmente matriculados em cursos de bacharelado, licenciatura, tecnólogo em Turismo e/ou Hospitalidade de instituições de ensino superior públicas ou privadas.

Para participar, o candidato deve ter obtido pontuação acima de 600 no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM); comprovar proficiência em língua inglesa; além de ter cursado, no mínimo, 20% e, no máximo, 80% do currículo do curso superior.

“Esta é uma oportunidade única de enviar nossos estudantes para alguns dos principais centros de excelência em turismo do mundo e faz parte de uma ampla ação do Ministério do Turismo em qualificar os profissionais que atuam no setor turístico”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

O curso

As aulas serão ministradas em instituições superiores do Reino Unido e terão formato exclusivo para o Programa de Qualificação do MTur. O tempo de duração é de aproximadamente 11 semanas com aulas teóricas e práticas.

A implementação das bolsas de estudo será realizada pela Capes. A alocação dos estudantes nas instituições internacionais será de responsabilidade da Association of Colleges (AoC), outro parceiro do Ministério do Turismo no programa.

Em julho, a AoC anunciou os 10 colleges – termo para faculdade no Reino Unido – que receberão os estudantes brasileiros. São eles: Boston College, Bournemouth and Poole College, City College Plymouth, Edinburgh College, Exeter College, Gr?p Llandrillo Menai, Newcastle College, Sunderland College, Sussex Coast College Hastings, Westminster Kingsway College

Fonte: Portal Brasil

Através de plataforma online - 21/08/2017 às 16h23

Recuperação vegetal de propriedades rurais terá financiamento do BNDES

Produtores rurais de todos os portes e de todas as regiões do Brasil podem utilizar, a partir desta segunda-feira (21/08), o Canal do Desenvolvedor MPME, plataforma online que simplifica e agiliza o acesso aos recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para atendimento às exigências do Código Florestal.

O gerente do Departamento de Meio Ambiente do BNDES, Márcio Macedo da Costa, acredita que, como as determinações do Código Florestal devem ser seguidas por todo o Brasil, todo produtor rural, em algum momento, vai se ver diante da questão de recuperar a área e de saber se tem meios para financiar essas mudanças.

“Nosso grande objetivo é pegar essa ferramenta online que já existe e dar uma dedicação para as linhas de crédito para recuperação vegetal, desde o pequeno proprietário até o grande”.

A restauração prevista no Código Florestal será obrigatória para todo imóvel rural a partir de janeiro de 2018, após o encerramento das inscrições das propriedades no Cadastro Ambiental Rural (CAR). O prazo expira no dia 31 de dezembro.

Linhas

Para projetos negociados diretamente com o BNDES, existe a linha Finem - Recuperação e Conservação de Ecossistemas e Biodiversidade (BNDES Ambiente), voltada a investimentos em projetos de restauração a partir de R$ 10 milhões.

Outras três linhas englobam projetos de financiamento negociados com agentes financeiros do BNDES, nas chamadas operações indiretas.

Uma dessas linhas é o Programa Agricultura de Baixo Carbono Ambiental (Programa ABC), destinada a produtores rurais e cooperativas de produtores que precisam de investimentos de até R$ 2,2 milhões, com prazo de pagamento de 12 anos.

Outra linha de crédito disponível é o Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp), na qual proprietários rurais, posseiros e arrendatários podem solicitar empréstimos de até R$ 430 mil por ano agrícola para quitação em até oito anos.

Já o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar para Restauração Ecológica (Pronaf Eco) oferece crédito de até R$ 165 mil por ano agrícola a agricultores e produtores rurais familiares pessoas físicas. O prazo de pagamento é de até 10 anos.

Os agricultores podem financiar projetos de recuperação e restauração vegetal, incluindo várias técnicas, entre as quais a cobertura da área degradada com mudas ou a condução da regeneração natural. O BNDES financia também mão de obra, viveiros de mudas, implantação de cercas, compra de máquinas e equipamentos.

Facilidades

A técnica do Departamento de Meio Ambiente Simone Schneider diz que a ferramenta ajuda a montar um projeto e agilizar o pedido de financiamento.

“Pelo site do Canal MPME, você consegue ver detalhado todas as linhas que podem ser utilizadas. No mesmo site, o produtor pode ver quais são as condições do valor do empréstimo que quer fazer e pode encaminhar ao agente financeiro para fazer o financiamento. É uma porta”.

Fonte: Agência Brasil

Estudo divulgado pelo INE - 21/08/2017 às 15h18

Baixa fecundidade reduz população de crianças e adolescentes em Portugal

Casa do cartucho

Estudo divulgado pelo Instituto Nacional de Estatística de Portugal (INE) mostra que entre os anos de 1960 e 2060, o país vai apresentar uma redução de aproximadamente 2 milhões de crianças e adolescentes devido às baixas taxas de fecundidade.

Entre as razões para a baixa fecundidade estão o acesso a métodos contraceptivos cada vez mais seguros; o aumento da escolaridade obrigatória; o aumento da idade média do casamento e do nascimento do primeiro filho; a permanência dos filhos na casa dos pais até mais tarde; e a dificuldade dos jovens de acesso a empregos.

De acordo com o estudo Crianças e Adolescentes em Portugal, realizado pela pesquisadora Maria José Carrilho, até 2060 Portugal deve seguir a tendência de grande queda populacional de crianças e adolescentes e não há previsão de que a situação seja revertida nos próximos 50 anos.

Na década de 1960, o número de habitantes portugueses com menos de 18 anos era de 3 milhões. Em 2011, este número havia caído para 1,9 milhões, representando um decréscimo de aproximadamente 1,2 milhão de crianças.

Em 1960, Portugal tinha uma taxa de fecundidade de 3,2 crianças por mulher. Já em 2014, a taxa caiu para 1,2. Em 2015, o país registrou um leve aumento, com uma média de 1,3 filhos por mulher.

A partir do ano de 1982, o país passou a ficar abaixo do chamado "nível de reposição", de 2,1 filhos por mulher. Portugal é, portanto, um país de baixa fecundidade, com taxas bastante inferiores ao necessário para substituir as presentes gerações. No Brasil, país que também está abaixo do nível de reposição, a taxa era de 1,74 em 2014.

Atualmente Portugal tem um total de 10,3 milhões de habitantes, pouco mais do que o estado de Pernambuco, que tem 9,2 milhões.

Apesar da redução do número de crianças e adolescentes, a nação lusa registrou uma tendência crescente da população total nos últimos 50 anos. A população total cresceu, durante esse período, 18,8%, sobretudo devido à mudança de sentido dos fluxos migratórios e ao aumento no número de pessoas idosas provocado pela maior longevidade.

A expectativa de vida em Portugal vem aumentando continuamente e está em 80,4 anos. As mulheres têm expectativas de vida de 83,2 anos e os homens, de 77,3 anos.

Nos últimos dez anos, mais de 316 mil pessoas entraram na faixa etária dos idosos (65 anos ou mais), contra uma redução de mais de 208 mil jovens (com menos de 15 anos), segundo dados divulgados em junho do ano passado pelo INE.

Brasil

A taxa de fecundidade da população brasileira registrou queda de 18,6% entre 2004 e 2014, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados são da Síntese de Indicadores Sociais, que usa números da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad).

Na década passada, as mulheres brasileiras tinham em média 2,14 filhos, número que caiu para 1,74 em 2014. Já a expectativa de vida do brasileiro era de 75,5 anos, em 2015, segundo o IBGE.

Fonte: Agência Brasil

Fenômeno da natureza - 21/08/2017 às 15h11

Nasa transmite ao vivo o eclipse solar total; escuridão total em alguns locais

Foto: Arquivo/ Divulgação Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Foto: Arquivo/ Divulgação Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação

Casa do cartucho

A Nasa (Agência Espacial Norte-Americana) transmite ao vivo o eclipse solar total que acontece nesta segunda-feira (21), quando as órbitas do sol e da lua se cruzam e o satélite passa entre o sol e a Terra. Quando a lua cobre o sol, bloqueia os raios solares e faz uma sombra na Terra.

Desta vez, a faixa de totalidade do fenômeno, ou seja, a faixa de terra que ficará na penumbra, cruza os Estados Unidos. Serão 2 minutos e 40 segundo de completa escuridão para quem estiver entre Salem, no Oregon, e a cidade de Charleston, na Carolina do Sul.

Observadores que estiverem fora dessa região, a 3 mil quilômetros acima ou abaixo dessa faixa, poderão observar um eclipse solar parcial, em que a lua cobre parte do disco do Sol. No Brasil, os moradores das regiões Norte e Nordeste poderão avistar o fenômeno até as 18h04, horário de Brasília. No extremo norte do país, a previsão é que a escuridão chegue a 50%.

(Com informações da Agência Brasil)

A partir da próxima sexta, 25 - 21/08/2017 às 15h02

Velocidade na Rua Dirce de Oliveira, na zona Leste, mudará para 50 km/h

Casa do cartucho

Após a realização de análises técnicas em várias vias públicas da cidade e a intervenção na rótula da Universidade Federal do Piauí (UFPI), a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) reduzirá a velocidade máxima permitida da Rua Dirce de Oliveira, na zona Leste da cidade. A redução na velocidade será de 60 km/h para 50 km/h e começa a valer partir da próxima sexta (25/08).

A intervenção tem por objetivo proporcionar mais segurança aos motoristas e pedestres que circulam na área. “Já fizemos este trabalho em várias vias da cidade e já percebemos que a redução da velocidade tem gerado benefícios a todos, por isso estamos dando continuidade às intervenções, trabalhando dessa forma por um trânsito menos danoso”, explica o diretor de Trânsito e Sistema Viário da Strans, José Falcão.

Falcão ressalta que a Rua Dirce de Oliveira está ganhando uma nova sinalização vertical para que os condutores tenham o conhecimento da mudança. “Estamos preparando a via, em seguida realizaremos um trabalho educativo com os agentes de trânsito no local para que as pessoas se acostumem com a mudança e em seguida faremos um trabalho de fiscalização”, destaca.

A velocidade tem sido um fator considerável no agravamento dos acidentes de trânsito ocorridos na capital. “Estamos fazendo esses ajustes para proteger as pessoas e proporcionar mais segurança nas vias públicas, especialmente, nos local que têm uma maior movimentação”, acrescenta.

Fonte: Prefeitura de Teresina - Ascom

Carregando, por favor aguarde...
Matemática e Raciocínio Lógico no Podium
Quer mudar de vida?
Agente PRF
Matemática Básica
Teresina 165 anos
Casa do Cartucho
Agente PF
Últimas Notícias
23h44 CBF recebe 1º Encontro Nacional dos Treinadores 23h23 Galera do ciclismo fatura no Norte e Nordeste. Piauí fica em 5º na classificação geral 23h09 Gestor participa de Congresso Estadual do Partido Socialista Brasileiro 18h19 Mão Santa nega que tenha xingado funcionários em escola de Parnaíba 18h04 Eclipse Solar encanta o céu de Campo Largo do Piaui 17h19 Na Band, Monalysa tem maratona de entrevistas: 'Ainda não caiu a ficha' 17h43 Lançando mão da subconcessão, Francisco Costa trabalha pela universalização da água e esgoto 17h38 Ceir: Gabarito de processo seletivo já está disponível; resta uma etapa 17h34 Emilia Clarke fala sobre perda de Daenerys no episódio 7×06 de GoT 17h33 Deputado Mauro Tapety se reúne com autoridades na sede do PSB 17h29 Prefeito Marcio Alencar acompanha Congresso Estadual do PSB 17h25 Deputado Rubem Martins participa de evento estadual do Partido Socialista Brasileiro 17h24 Enteado é esfaqueado pelo padrasto em cidade do Piauí após discussão 17h17 Famílias são beneficiadas com Programa Bolsa Família em União 17h15 AGU recorre para anular decisão que barrou aumento de imposto 17h11 Prefeito se reúne com profissionais de odontologia municipais 17h10 AGU recorre para anular decisão que barrou aumento do combustível 17h05 Prefeito de Wall Feraz prestigia congresso do PSB em Teresina 17h04 Hélio Isaias prestigia evento do Pré-Enem SEDUC com Rejane Dias 17h03 Prefeito de União se reúne com profissionais de odontologia 17h03 Homem morre soterrado durante escavação de poço no PI 17h02 Aberto edital para processo seletivo de tutores da UAPI para 60 vagas; acesse! 17h01 Inscrições para ProUni terminam nesta sexta para estudante não matriculado 17h00 Prefeito Mão Santa participa de Congresso Estadual do PSB em Teresina 16h59 Unidade Básica de Saúde é inaugurada no município de Nazária