180graus

Enfrentamento - 21/06/2017 às 11h47

Encontro discute o enfrentamento à violência contra a pessoa idosa

comserv
Antonio das Neves - Peritos Associados

Os números mostram que população brasileira tem conseguido envelhecer cada vez mais. Esse crescimento da população idosa, infelizmente vem acompanhado do também do crescimento do abandono, dos maus tratos, dos abusos físicos, psicológicos e financeiros. Uma realidade triste, que se torna constante na sociedade.

Para tratar sobre esse tema e também em alusão ao Dia Mundial da Pessoa Idosa, que é comemorado no dia 15 de junho, a Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (Sasc) realizou nesta terça-feira (20), o III Encontro Estadual de Articulação e Integração para o Enfrentamento à Violência Contra a Pessoa Idosa. O evento contou com representantes de diversos municípios piauienses.

Entre os palestrantes estavam a conselheira nacional da Pessoa Idosa e representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Engracia Viviane Rodrigues. Além dela, outras autoridades como o ex-deputado federal e atual coordenador estadual da Mais Vida com Cidadania para o Idoso, delegado Marllos Sampaio, o Conselheiro Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, Marcones Dias, a representante da Secretaria de Governo do Piauí, Nubia Lopes e o secretário estadual de Assistência Social e Cidadania, Zé Santana.

“Dentre outras atividades esse Encontro Estadual é mais uma das ações da SASC de enfrentamento à violência contra a pessoa idosa. Hoje é um dia para falarmos de respeito, de dignidade e da efetivação de direitos. A SASC esta cada vez mais comprometida com o objetivo comum desse encontro social e vamos seguir trabalhando para alcançarmos esse objetivo. Estamos à disposição e dispostos a não medirmos esforços a fim de alcançarmos esses objetivos”, assegurou o secretário da Zé Santana.

9.JPG

A Representante da Secretaria de Governo do Piauí, Nubia Lopes, acrescentou que as politicas de enfrentamento a violência devem ser pensadas e articuladas pelos órgãos do governo, sociedade civil e na família. “Devemos estar atuando em rede, se sentindo responsável e não permitir que uma pessoa idosa sofra qualquer forma de violência, qualquer forma de discriminação. Os nossos idosos merecem todo o nosso respeito e o nosso cuidado. Por isso, nos colocamos à disposição para contribuir na articulação entre todos os órgãos”, propôs.

3.JPG

Para o conselheiro estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, Marcones Dias, o enfrentamento da violência contra os idosos deve ser feitos na base. “Devemos enfrentar a violência não só com a pessoa idosa, mas em todas as esferas. Não adianta todas as instituições do mundo tentarem resolver se nós não fizermos o dever de casa que somos nós pessoas físicas. Nós precisamos fazer o meio de campo, porque a base é a família e o meio de campo são as instituições. A violência encampa não só as pessoas idosas e eu conclamo a sairmos daqui preparados para enfrentar a violência como pessoa física”, pontuou.

4.JPG

Rede de atendimento ao idoso

Fazem parte da rede de atendimento ao idoso o conselho estadual; os conselhos municipais que trabalham especificamente com os direitos do idoso; a Delegacia do Idoso; a Coordenadoria Estadual Mais Vida com Cidadania para o Idoso; Núcleo Estadual de Defesa da Pessoa Idosa e o Centro de Referência e Enfrentamento à Violência Contra a Pessoa Idosa (Cevi). Além disso, a Sasc também mantém casas de acolhimento, como a Vila do Ancião, em Teresina, e Abrigo São José, em Parnaíba.

2.JPG

5.JPG

8.JPG

10.JPG

Tópicos
Idoso - 19/06/2017 às 08h57

III Encontro de Enfrentamento à Violência Contra a Pessoa Idosa será realizado na terça-feira (20)

O Brasil tem envelhecido. De acordo com pesquisa do IBGE, na Síntese de Indicadores Sociais (SIS) do ano passado, análise anual das condições de vida do brasileiro, a proporção de pessoas com mais de 60 anos de idade cresceu em comparação a média mundial: saiu de 9,8% para 14,3%, entre 2005 e 2015.

No entanto, na contramão do envelhecimento da população e da consequente efetivação dos direitos fundamentais das pessoas idosas, este segmento ainda sofre violências das mais diversas formas. No Piauí, por exemplo, o Centro de Referência e Enfrentamento à Violência Contra a Pessoa Idosa (Cevi), da Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (Sasc), recebe cerca de 30 denúncias mensais. Os tipos de violência mais comuns são abuso físico, maus tratos, abuso psicológico, abandono e abuso financeiro.

E para promover reflexões e debates a respeito dessas condições por quais muitas pessoas idosas passam, a Sasc realizará, na terça-feira (20), às 8h, no auditório de sua sede, em Teresina, o III Encontro Estadual de Articulação e Integração para o Enfrentamento à Violência Contra a Pessoa Idosa, oportunidade de articulação para debater e alinhar políticas públicas para a população idosa. O evento é alusivo ao Dia Mundial da Pessoa Idosa, que foi comemorado no dia 15 de junho.

Participarão do encontro representantes dos municípios piauienses, da OAB, Defensoria Pública, dos Conselhos estaduais e municipais, dentre outros. A Defensora Pública Sarah Miranda, do Núcleo de Defesa do Idoso da Defensoria Pública do Piauí, será uma das palestrantes. Além dela, outras autoridades como o ex-deputado federal e atual coordenador estadual da Coordenação Mais Vida com Cidadania para o Idoso, delegado Marllos Sampaio, também irão proferir palestra no evento.

“Com o encontro, temos como objetivo buscar uma consciência social e política, incentivando o debate e o fortalecimento das mais diversas formar de enfrentamento à violência contra a pessoa idosa”, destacou o diretor da Unidade de Proteção Social Especial da Sasc, Severo Eulálio Rocha. “As pessoas idosas, como quaisquer outras, têm o direito à igualdade, à dignidade e ao nosso respeito. Elas têm o direito de usufruir de um processo de envelhecimento ativo e saudável”, conclui o diretor.

Fazem parte da rede de atendimento ao idoso o conselho estadual; os conselhos municipais que trabalham especificamente com os direitos do idoso; a Delegacia do Idoso; a Coordenadoria Estadual Mais Vida com Cidadania para o Idoso; Núcleo Estadual de Defesa da Pessoa Idosa e o Centro de Referência e Enfrentamento à Violência Contra a Pessoa Idosa (Cevi). Além disso, a Sasc também mantém casas de acolhimento, como a Vila do Ancião, em Teresina, e Abrigo São José, em Parnaiba.

Tópicos
Idoso - 14/06/2017 às 15h24

Sasc realiza evento voltado para o enfrentamento à violência contra a pessoa idosa

Sasc realiza evento voltado para o enfrentamento à violência contra a pessoa idosa
Alusivo ao Dia Mundial da Pessoa Idosa, que é comemorado na quinta-feira (15), a Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (Sasc) vai realizar no próximo dia 20, no auditório da Sasc, em Teresina, o III Encontro Estadual de Articulação e Integração para o Enfrentamento à Violência Contra a Pessoa Idosa. São esperados representantes dos 224 municípios piauienses.

A conselheira nacional da Pessoa Idosa e representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), Engracia Viviane Rodrigues, será uma das palestrantes. Além dela, outras autoridades como o ex-deputado federal e atual coordenador estadual da Mais Vida com Cidadania para o Idoso, delegado Marllos Sampaio, também irão proferir palestra no evento.

O dia 15 junho foi instituído como Dia Mundial da Pessoa Idosa, em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência a Pessoa Idosa. No Piauí, o Centro de Referência e Enfrentamento à Violência Contra a Pessoa Idosa (Cevi), da Sasc, recebe cerca de 30 denúncias mensais. Os tipos de violência mais comuns são abuso físico, maus tratos, abuso psicológico, abandono e abuso financeiro.

De acordo com o diretor da Unidade de Proteção Social Especial da Sasc, Severo Eulálio Rocha, a data serve para promover uma reflexão a respeito das condições desse segmento da população, que tem sofrido severas violações de direitos ao longo da nossa história.

“Com o encontro, temos como objetivo buscar uma consciência social e política da existência da violência contra pessoa idosa. Precisamos incentivar o debate e o fortalecimento das mais diversas formar de prevenção”, destacou Severo Eulálio. “As pessoas idosas têm o direito a igualdade, a dignidade e o nosso respeito. Elas têm o direito de usufruir de um processo de envelhecimento ativo e saudável”, conclui o diretor.

Fazem parte da rede de atendimento ao idoso o conselho estadual; os conselhos municipais que trabalham especificamente com os direitos do idoso; a Delegacia do Idoso; a Coordenadoria Estadual Mais Vida com Cidadania para o Idoso; Núcleo Estadual de Defesa da Pessoa Idosa e o Centro de Referência e Enfrentamento à Violência Contra a Pessoa Idosa (Cevi). Além disso, a Sasc também mantém casas de acolhimento, como a Vila do Ancião, em Teresina, e Abrigo São José, em Parnaíba.

PROGRAMAÇÃO

08h - Coffee Break

09h - Abertura

09h30 - Mesa Redonda

Tema - Violência Contra a Pessoa Idosa no Estado do Piauí - Experiências Exitosas. Palestrante: coordenador estadual do Idoso, delegado Marllos Sampaio.

Tema: Violência Contra a Pessoa Idosa - Desafios para o Enfrentamento. Palestrante: conselheira nacional da Pessoa Idosa e representante da Contag, Engracia Viviane Rodrigues.

Tema: Política de Atendimento à Pessoa Idosa no Piauí - Plano Estadual de Políticas para a Pessoa Idosa. Palestrante: conselheiro estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, Maria da Cruz Oliveira Sousa.

11h30 – Debate

12h - Encaminhamentos: Implantação e Implementação dos Conselhos Municipais de Enfrentamento à Violência Contra a Pessoa Idosa e Elaboração dos Planos Municipais de Políticas para a Pessoa Idosa.

13h - Encerramento.

Tópicos
Seminário - 08/06/2017 às 15h26

Elaboração dos planos de segurança alimentar estadual e municipais foi tema de seminário

“Ainda somos um estado com um histórico déficit de atenção com a qualidade e a quantidade da alimentação consumida por nossos conterrâneos, e embora muito tenha se evoluído nas últimas décadas, faz-se necessário um acompanhamento permanente e a definição de metas que busquem avanços ainda mais significativos neste sentido”, declarou o secretário de Estado de Assistência Social e Cidadania, Zé Santana, na abertura do Seminário Piauiense de Segurança Alimentar e Nutricional, realizado nessa quarta-feira (07), no auditório da Facime/Uespi.

O evento, realizado pela Secretaria de Assistência Social e Cidadania do Piauí (Sasc-PI), por meio Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan-PI), configurou-se como um espaço de integração entre representantes do Estado e de municípios piauienses, onde palestras nortearam acerca da elaboração de planos estadual e municipais que venham estabelecer um padrão de alimentação saudável e nutritiva para os piauienses. Além disso, o seminário esclareceu a adesão dos municípios ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan).

IMG_8946.JPG

“Uma de nossas prioridades ainda neste ano é dar andamento para a consolidação desses planos de segurança alimentar e, assim, fortalecer a promoção do direito humano a uma alimentação adequada”, destacou Zé Santana. “A Sasc e toda a sua equipe estará cada vez mais comprometida com esses objetivos, e vamos continuar nos trabalhos para alcançá-los”, afirmou o secretário.

IMG_8918.JPG

Durante a programação do evento foram abordados temas como o histórico e desafios da Segurança Alimentar e Nutricional (SAN); o papel, atribuições e implantação do Conselho Estadual de Segurança Alimentar (Consea); a apresentação e validação do diagnóstico de SAN no Piauí; e o papel e atribuições da Caisan.

“É uma grande satisfação a Caisan nacional participar de eventos como esse no Piauí, na medida em que é um grande passo para o fortalecimento do sistema de segurança alimentar”, ressaltou a coordenada da câmara nacional, Ana Flávia Souza, de Brasília.

O evento contou com explanação sobre as etapas de elaboração do plano municipal de segurança alimentar e nutricional, além de uma oficina em que os participantes foram divididos em grupos para exemplificar, na prática, a construção dos desafios, metas e ações do I Plano Estadual de Segurança Alimentar no Piauí.

Também estiveram presentes no seminário a coordenadora do Consea-PI, Janice Lustosa; o secretário municipal de Trabalho, Cidadania e Assistência Social de Teresina, Samuel Silveira; a coordenadora da Residência Multiprofissional em Saúde da Família da Uespi, Andréia Conceição Lima; representando a reitoria da Ufpi, a professora doutora Maria do Rosálio Brandim; a coordenadora do curso de Nutrição da Faculdade Santo Agostinho, Regina Santos; e a nutricionista do Pnae e representando a Seduc, Denise Araújo.

Tópicos
Satisfação da equipe funcional - 23/05/2017 às 10h31

Deputado voltou ao CEF para conferir de perto as melhorias estruturais

Antonio das Neves - Peritos Associados
comserv

Na última quinta-feira (18/05), o deputado estadual Zé Santana voltou ao CEF(Centro Educacional Feminino), agora já para conferir de perto pequenas melhorias estruturais que favorecem as internas e elevam a satisfação da equipe funcional.

Novas janelas com grades protetoras, pintura nos alojamentos, colchões ortopédicos, fardamento para as internas, banheiros com tubulação e bombeamento em perfeito estado, entre outras benfeitorias.

"Aos poucos, vamos trabalhando para minorar os problemas do sistema de acolhimento sócio-educativo do Piauí.", disse o deputado.

Ze 1.png

Ze 2.png

Ze 3.png

Ze 4.png

Ze 5.png

Ze 6.png

Ze 7.png

Ze 8.png

Carregando, por favor aguarde...
CFO - MA - Vem pro Podium!
Mestrado em Políticas Públicas | Vem pro Podium
PM-MA - Vem pro Podium!
Últimas Notícias
12h07 Prefeito visita obra de asfaltamento da estrada do Vidéu 12h14 Carro vai parar debaixo de caminhão baú e condutor morre 12h07 Dia Estadual do Orgulho LGBT será comemorado na quarta-feira (28) 12h01 Dupla executa homem com vários tiros de pistola no Piauí 11h43 Vice Prefeito de Parnaíba se filia ao PSC e quer ser Deputado Estadual 11h22 Governador decreta emergência no Porto das Barcas 11h20 Mães de alunos do Cidade Olímpica Educacional participam de oficinas de Artesanato 10h58 Preso por tentativa de roubo é levado para delegacia semi nú 10h51 Família carente pede ajuda para garoto com paralisia 10h43 Seleção de Judô é convocada para o Campeonato Pan-Americano da Base 10h31 ProUni: Resultado da lista de espera será divulgado nesta segunda (26/6) 10h29 Arraia da Escola Aliança do Gurguéia 10h20 Mega-Sena acumula e pode pagar até R$ 6 milhões no próximo sorteio 10h20 Dois são presos pela polícia com motos tomadas de assalto m PHB 10h17 Proposta que reduz idade mínima para governador está na pauta do plenário 10h13 Cerveja pode ser mais eficaz que paracetamol no alívio da dor 10h12 Senado deve votar regime simplificado de prestação de contas nos municípios 10h10 Convocação da lista de espera do Sisu terá início nesta segunda-feira (26/06) 10h09 Cientistas apostam em vírus para combater superbactérias 10h05 Amamentação reduz risco de doenças cardíacas em até 18% 10h00 Atletismo: Piauiense vence prova de 800 m e é campeão brasileiro Sub 18 09h56 Campeonato Brasileiro: última rodada define os classificados neste domingo 09h55 Homem é detido pela polícia por porte ilegal de arma de fogo no interior do PI 09h48 Programa de estágio na Caixa abre as inscrições para nível médio e técnico 09h36 Colisão entre moto e caminhão pipa deixa uma pessoa morta na PI-143